Depoimentos

Roteiro Trapiche, que está acontecendo nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro tem levado amantes da enogastronomia a restaurantes para provar incríveis harmonizações.

 

Uma das vinícolas argentinas de maior destaque na atualidade, a Trapiche, está promovendo um roteiro imperdível, até o dia 22 de Setembro. São 12 casas participantes em São Paulo e 19 no Rio de Janeiro, harmonizando seus preparos clássicos com os vinhos das linhas premium da Trapiche. “O melhor do roteiro Trapiche é poder beber os excelentes vinhos da Bodega argentina e harmonizar pratos das melhores casas. Fazia um tempo que não ia até o Neto, excelente restaurante do hotel Four Seasons, e foi uma deliciosa oportunidade. A combinação do stracotto di maialino, fagioli al sugo, banana all’acetobalsamico e pelle crocante, traduzindo, leitão braseado, feijão branco, banana ao aceto balsâmico e pele em pururuca, com o vinho Trapiche Finca Las Palmas, foi inusitada e uma ótima surpresa! Sai do restaurante com a alma tranquila”, conta Ricardo Castilho, Diretor editorial de Prazeres da Mesa.

Participam do roteiro, restaurantes de diferentes segmentos, para mostrar a versatilidade dos rótulos e provar, de uma vez por todas, que vinho combina com todos os preparos! “Para aqueles que apreciam boa comida e bom vinho, o Roteiro Trapiche é uma grande oportunidade, para conhecer as sugestões de harmonização de vários restaurantes e ainda pagar um preço especial no menu fechado”, afirma Alessander Guerra, do site Cuecas na Cozinha.

O mais interessante, nesse caso, é que o festival promove um olhar um pouco diferente do que costuma acontecer nos restaurantes, no qual, ao invés do sommelier ter que harmonizar os pratos com um vinho, os chefs que tiveram que entender a “complexidade” dos rótulos e decidir o preparo que faria o casamento perfeito. “Tive a oportunidade de conhecer o Roteiro Trapiche 2019 com a sugestão de harmonização do Seen, restaurante do Hotel Tivoli, em São Paulo. O arroz de pato, linguiça portuguesa e foie gras, casou muito bem com o Trapiche Malbec Single Vineyard. Trabalho com gastronomia e sinto que as pessoas têm cada vez mais interesse pela enogastronomia, por provar vinhos e conhecer as possibilidades de harmonização. No #roteirotrapiche, a criatividade dos chefs aliada à qualidade dos vinhos torna mais completa a experiência no restaurante. No caso do Seen, haviam profissionais bem treinados, que nos explicaram sobre a harmonização sugerida. Foi uma experiência muito agradável, que me fez querer conhecer as outras opções do roteiro”, comemora a influenciadora Cris Manuchakian.

Os menus tem preços fixos de R$ 110R$ 160 e R$ 210 e contam com os vinhos premium da marca como protagonistas. Caso da linha Trapiche Fond de Cave - Vinhos equilibrados, frutados e harmonização muito versátil. Brancos elaborados com a Sauvignon Blanc, e tintos com Malbec, Cabernet Sauvignon e Petit Verdot; da Trapiche Finca Las Palmas – Linha de vinhos criada para homenagear o "Las Palmas", vinhedo mais emblemático da Trapiche. Varietais do branco Chardonnay, e dois tintos, o Malbec e o Cabernet Sauvignon e da Trapiche Costa & Pampa - Linha de brancos e tinto que destaca o frescor e as notas minerais vindos dos vinhedos cultivados próximos a Mar del Plata, em Chapadmalal. A Trapiche é pioneira no cultivo de uvas próximas ao oceano Atlântico, na província de Buenos Aires, com um vinho tinto, elaborado com a Pinot Noir, e dois brancos, o Chardonnay e o Sauvignon Blanc.

O roteiro Trapiche chega como ótima oportunidade para os que querem conhecer um pouco mais dessa vinícola, pioneira em técnicas de vinificação, como no uso de barricas de carvalho francesas para envelhecer seus tintos, e de tanques de aço inoxidável, que permite fermentar os brancos e tintos com controle preciso de temperatura. “Estou apaixonada pelo Roteiro Trapiche deste ano, tanto em relação a escolhas dos restaurantes quanto dos pratos e, é claro, das harmonizações! As duas casas onde estive estavam preparadas para atender o cliente, no sentido de explicar  sobre o vinho que estava sendo servido e os motivos dele ter sido selecionado com aquele preparo. Harmonização perfeita! Os pratos estavam muito saborosos e o vinhos os completaram com perfeição! O serviço, impecável!”, diz Claudia Esquilante, do @dicasdaclauesquilante. 

Mas, se ainda assim, você não está convencido do sucesso desse roteiro, confira abaixo mais depoimentos de especialistas da área da gastronomia e da enogastronomia sobre o roteiro. 

 

Visitei o Dô Culinaria Japonesa, que harmonizou todo o frescor de seu Chirashi – preparo composto de arroz japonês coberto com peixes e frutos do mar variados-- com o Fond de Cave Sauvignon Blanc. Um vinho aromático, que elevou o sabor dos peixes e acabou de uma vez por todas com o estigma de que vinhos não acompanham bem comida japonesa!” (Carolina Esquilante, Editora de Prazeres Da Mesa).

 

“Testei o Roteiro Trapiche em três casas e achei uma ótima iniciativa. Para o cliente é uma forma mais em conta de conhecer novos lugares e bons vinhos, e para os restaurantes trás novos clientes.” (Marcelo Copello, jornalista especializado em vinhos).

 

“O Roteiro Trapiche é uma excelente oportunidade de conhecer ou retornar a bons restaurantes de São Paulo e provar vinhos diferentes. Estive no Restaurante Sallvattore e degustei o Trapiche Costa e Pampa Chardonnay, produzido em Chapadmalal, próximo de  Buenos Aires. Uma ótima descoberta que harmonizou muito bem com o peixe e risoto.” (César Adames, jornalista especializado em bebidas e tabaco).

 

“Foram muitos os pontos positivos do Roteiro Trapiche. Primeiro, me instigou a conhecer uma casa nova, que gostei bastante. Chegando no Terço, a brigada logo me apresentou o Roteiro Trapiche para provar naquela noite. E o vinho realmente surpreendeu. Persistente e elegante, o Trapiche Fond de Cave Malbec, acompanhou muito bem tanto o bolinho de cogumelos de entrada quanto o capelete gratinado servido como prato principal. Com certeza será um vinho com lugar cativo na minha adega.” (Isabel Raia, Editora de Prazeres da Mesa).

 

"Esse ano participei mais ativamente do Roteiro Trapiche e acho que ele realmente quebrou um estigma de que vinho está associado só a altíssima gastronomia, uma imagem que está sendo cada vez mais desfeita, e isso é muito bom. O vinho é sim, um produto de alta qualidade, mas é uma bebida que circula por todos os meios. Foi muito legal fazer uma experiência de comida oriental com um vinho branco tão bom quanto o que eu provei, que foi o Trapiche Fond Cave Sauvignon Blanc. No todo, o Roteiro Trapiche foi muito inusitado e eu acho que isso é a democratização do vinho, mostrar que ele vai bem em todos os momentos do nosso dia-a-dia e das nossas escolhas gastronômicas.” (Tamyris Roxo, Bocca Nervosa).

“Um perfeito bife de chorizo assado em uma autêntica parrilla argentina, a Caballeriza, harmonizado com um delicioso Fond de Cave Malbec, da vinícola Trapiche. Nada melhor para um almoço paulistano de quinta-feira.” (Georges Schnyder, Diretor comercial de Prazeres da Mesa).

"O Roteiro Trapiche é uma excelente oportunidade para provar os melhores vinhos da vinícola Argentina Trapiche harmonizados com um menu especial já previamente elaborado para que se tenha uma verdadeira experiência gastronômica. São restaurantes excelentes de cozinhas variadas que abrem o seu menu para essa experiência fantástica. Devia ter sempre! Neste ano visitei o tradicional Figueira Rubaiyat e novíssimo Wa-Fu Number 1 - Com culinárias totalmente diferentes, os dois restaurantes me proporcionaram momentos igualmente marcantes e especiais." (Patricia Mattos).

Corra que ainda dá tempo de aproveitar!

Copyright 2019 :: Roteiro Trapiche :: Todos os Direitos Reservados :: desenvolvido por: Três.Zero